English French German Spain ItalianPortuguese
 
image26

ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DO CURSO

- Estrutura curricular e prazo para integralização do curso
- Exame de defesa de projeto (Mestrado) e exame de qualificação (Doutorado)
- Defesa de dissertação e tese
- Trancamento
- Cancelamento de disciplina
- Orientação
- Mudança de linha de pesquisa
- Mudança de nível
- Aproveitamento de créditos
- Programa de Estágio Docente (PED)

Estrutura curricular e prazo para integralização do curso

A Estrutura Curricular do PPGH constará de disciplinas obrigatórias, disciplinas eletivas vinculadas à Linha de Pesquisa e disciplinas de livre escolha do pós-graduando.

A unidade básica para a medida do trabalho acadêmico é o crédito, correspondendo cada disciplina a quatro (4) créditos, em um total de sessenta (60) horas.

O prazo de integralização poderá variar conforme o Curso, sendo computado a partir do início das atividades no PPGH até a data da defesa pública da dissertação ou tese.

a) Para o Mestrado a duração mínima do curso será de 18 (dezoito) e máxima de 30 (trinta) meses. No caso de alunos bolsistas, o prazo máximo será de 24 (vinte e quatro) meses.

b) Para o Doutorado, a duração mínima será de 24 (vinte e quatro) e máxima de 54 (cinquenta e quatro) meses. No caso de alunos bolsistas, o prazo máximo será de 48 (quarenta e oito) meses.

Os alunos, após a sua defesa, deverão requerer na Secretaria Do PPGH, o Diploma, o Histórico Escolar e a Declaração de Conclusão do Curso.

Para obtenção do título de Mestre em História, o aluno deverá;

  1. Obter aprovação na Defesa da Dissertação;
  2. Completar os créditos mínimos exigidos nas disciplinas e atividades do curso;
  3. Obter aprovação no Exame de Defesa de Projeto, a ser defendido após o  primeiro ano de matrícula no Mestrado;
  4. Não ter tido mais de uma reprovação no curso;
  5. Estar regularmente matriculado no curso.

Os créditos que o aluno de mestrado deverá cumprir são em número de 20 (vinte), e deverão estar assim distribuídos:
a) oito (08) créditos em disciplinas obrigatórias;
b) quatro (04) créditos em disciplinas da linha de pesquisa;
c) quatro (04) créditos em disciplinas de livre escolha;
d) quatro (04) créditos em Seminário de Dissertação (atividades programadas)

Para obtenção do título de Doutor em História, o aluno deverá:

  1. Obter aprovação no exame de Defesa de Tese;
  2. Completar os créditos mínimos exigidos nas disciplinas e atividades do curso;
  3. Obter a aprovação no Exame de Qualificação, a ser defendido após dois (02) anos da matrícula inicial no Doutorado;
  4. Não ter tido mais de uma reprovação no curso;
  5. Estar matriculado no curso.

Os créditos que o aluno de doutorado deverá cumprir são em número de 36 (trinta e seis) e deverão estar assim distribuídos:

  1. quatro (04) créditos em disciplinas obrigatórias;
  2. quatro (04) créditos em disciplinas da linha de pesquisa;
  3. oito (08) créditos em disciplinas de livre escolha do aluno, podendo ser aproveitados até oito (08) dos créditos obtidos em disciplinas cursadas no Mestrado, desde que concluídas nos últimos 5 (cinco) anos e devidamente reavaliadas pela Comissão Acadêmica do PPGH;
  4. oito (08) créditos em Seminário de tese;
  5. doze (12) créditos em Defesa de Tese.

- Será permitida uma única reprovação por disciplina. Uma segunda reprovação implica o desligamento do programa.

— O total de uma (1) disciplina poderá ser cumprida em outro programa da UERJ ou de outra instituição, desde que tenha equivalência com a carga exigida pelo Programa (60 horas) 

Voltar ao topo

Exame de defesa de projeto (Mestrado) e exame de qualificação (Doutorado)

Somente após o cumprimento dos créditos exigidos é que o aluno estará apto a realizar seu Exame de Defesa de Projeto ou seu Exame de Qualificação. No caso do Mestrado o Exame de Defesa de Projeto deverá ocorrer até o final do terceiro semestre; e no caso do Doutorado, o Exame de Qualificação deverá ocorrer até o final do sexto semestre.

Considerado apto no Exame de Defesa de Projeto ou no Exame de Qualificação o aluno poderá requerer à Comissão de Pós-graduação do Programa (CPPGH) a defesa de sua Dissertação ou Tese, cumprindo sempre o prazo de, no mínimo, 6 (seis) meses entre a defesa do projeto e a defesa da dissertação e de 12 (doze) meses entre o exame de qualificação e a defesa da tese.

Clique aqui para baixar as instruções para a entrega do material de defesa de Projeto de Mestrado e o Exame de qualificação do Doutorado.

Voltar ao topo

Defesa de dissertação e tese

Após a defesa, o aluno de Mestrado ou Doutorado aprovado, se for este o caso, deverá introduzir, em sua dissertação ou tese, as correções julgadas indispensáveis pela Comissão examinadora, tendo o prazo de 60 (sessenta) dias para a entrega de três (03) exemplares da versão definitiva da dissertação ou tese. Na oportunidade, deverá ser entregue também o arquivo eletromagnético contendo o texto final aprovado, bem como o Termo de Autorização, o Termo de Encaminhamento e o Formulário de Dados Cadastrais, todos devidamente preenchidos e assinados. Todos serão encaminhados ao Banco Digital de Teses e Dissertações da UERJ.

Voltar ao topo

Trancamento

Somente poderá solicitar o trancamento de matrícula alunos que já tenham realizado seu Exame de Defesa de Projeto ou seu Exame de Qualificação, conforme Deliberação nº. 022/2013, Art. 34. O mesmo terá duração máxima de 6 (seis) meses, não sendo computado para integralização do curso.

Cancelamento de disciplina

O aluno poderá solicitar o cancelamento de inscrição em disciplina desde que ainda não tenham sido ministrados mais de 25% da respectiva carga, sendo considerado reprovado aquele que, após este limite, abandonar a disciplina.

Orientação

A escolha formal do Orientador de Dissertação/Tese dar-se-á no segundo semestre letivo, a contar da entrada do aluno no Programa, que deverá ser registrada em formulário próprio. A partir da matrícula, e até a escolha do Professor-Orientador, o aluno terá o acompanhamento dos coordenadores das linhas de pesquisa, visando a auxiliá-lo na montagem de um plano de estudo individual. Será admitida a figura do co-orientador, pertencente ou não ao quadro do Programa, desde que cumpridas as exigências quanto à titulação e a obrigatoriedade do cadastramento pelo Colegiado do PPGH. A mudança de Orientador poderá ser autorizada pelo Colegiado do Programa, a partir de parecer do Coordenador da Linha de Pesquisa em questão.

Voltar ao topo