Publicações

Transversos Revista de História

Transversos Revista de História,, publicação semestral, Qualis B3, do Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais (LEDDES-2001), vinculada ao Departamento de História e ao Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro privilegia trabalhos inéditos e originais desenvolvidos nas linhas de pesquisas Africas, Escritas da História e Vulnerabilidades sociais. Artigos, traduções, resenhas, entrevistas e notas de pesquisas, recebidos em fluxo contínuo, compõem cada número, juntamente com um Dossiê, cuja temática é definida com antecedência. A escolha do título Transversos reveste-se portanto, dessa intencionalidade programática. A imagem de um dente-de-leão espargindo-se ao vento, às incertezas, ao acaso e repropondo-se ainda como tal, mas também como outro totalmente inédito no tempo e no espaço evoca o objetivo central da Revista. Uma reprodução que sempre gera algo novo e não supostos clones de seus genitores. A Revista procura viabilizar o experimento interinstitucional e transdisciplinar de desnaturalização das diferenciações sociais. Dentre estas ressaltam-se as de classe e status, de ocupação no mercado de trabalho, de gênero, de sexualidades; de geração, as étnicas e a raciais, assim como as linguísticas, as regionais e nacionais, entre outras, que não apenas distinguem, mas hierarquizam, subordinam, opõem e excluem pessoas, conformam seus comportamentos, direcionando suas vidas. Estamos, eticamente, voltados /as ao respeito às diferenças, contanto que não implique na eliminação do direito à igualdade, ou seja, a prerrogativa das pessoas serem tratadas como iguais em todas as esferas institucionais que afetam suas oportunidades de vida, influindo no acesso aos bens e aos serviços sociais.

Revista Maracanan

A Revista Maracanan objetiva a criação de um veículo para divulgação da produção acadêmica do Programa. Desde uma perspectiva pluralista, objetiva, ainda, o intercâmbio com outros Programas de Pós-Graduação e áreas de produção científica afins, nacionais e internacionais. Dessa forma, busca a participação efetiva de professores e pesquisadores de outras instituições e países.

Revista Diálogos

A Revista Diá-logos é uma produção dos alunos do PPGH/UERJ mas a revista publica artigos de alunos de pós-graduação de diversas instituições do país. Os artigos, apresentados durante a realização da Semana de História Política, refletem a preocupação dos autores com produção historiográfica do Programa, atendendo às Linhas de Pesquisa e às exigências da CAPES. Em sua maioria, os textos resultam das leituras realizadas para suas teses e dissertações, exprimem a qualidade das pesquisas e dos projetos e apontam a brilhantismo dos novos mestre e doutores da UERJ. Enfatizam ainda, o caráter multicultural dos estudos desenvolvidos.

Revista Latinidade

A Revista do Laboratório de Estudos Políticos das Américas/PPGH/NUCLEAS reúne textos de professores e pesquisadores da UERJ e de outras instituições do país e estrangeiras. O primeiro número da Revista Latinidade será lançado durante o I Congresso Internacional de Estudos das Américas entre os dias 08 e 12 de setembro de 2008 e comtempla artidos dos professores: Adalberto Santana (UNAM), Alexis T. Dantas (UERJ/FCE), Antonio Montenegro (UFPE), Dejan Mihaillovici Nikolajevic (Universidad Tecnológico de Monterrey/México); Fernando Sergio Dumas dos Santos (FIOCRUZ); Maria Teresa Toribio Brittes Lemos (UERJ/IFCH); Paulo Roberto Gomes Seda (UERJ/IFCH); Rogério Basile (IAB).

Transversos Revista de História

Transversos Revista de História,, publicação semestral, Qualis B3, do Laboratório de Estudos das Diferenças e Desigualdades Sociais (LEDDES-2001), vinculada ao Departamento de História e ao Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Estado do Rio de Janeiro privilegia trabalhos inéditos e originais desenvolvidos nas linhas de pesquisas Africas, Escritas da História e Vulnerabilidades sociais. Artigos, traduções, resenhas, entrevistas e notas de pesquisas, recebidos em fluxo contínuo, compõem cada número, juntamente com um Dossiê, cuja temática é definida com antecedência. A escolha do título Transversos reveste-se portanto, dessa intencionalidade programática. A imagem de um dente-de-leão espargindo-se ao vento, às incertezas, ao acaso e repropondo-se ainda como tal, mas também como outro totalmente inédito no tempo e no espaço evoca o objetivo central da Revista. Uma reprodução que sempre gera algo novo e não supostos clones de seus genitores. A Revista procura viabilizar o experimento interinstitucional e transdisciplinar de desnaturalização das diferenciações sociais. Dentre estas ressaltam-se as de classe e status, de ocupação no mercado de trabalho, de gênero, de sexualidades; de geração, as étnicas e a raciais, assim como as linguísticas, as regionais e nacionais, entre outras, que não apenas distinguem, mas hierarquizam, subordinam, opõem e excluem pessoas, conformam seus comportamentos, direcionando suas vidas. Estamos, eticamente, voltados /as ao respeito às diferenças, contanto que não implique na eliminação do direito à igualdade, ou seja, a prerrogativa das pessoas serem tratadas como iguais em todas as esferas institucionais que afetam suas oportunidades de vida, influindo no acesso aos bens e aos serviços sociais.